fbpx

Porque muitos crentes não prosperam? [NÃO LEIA ISSO]

Porque muitos crentes não prosperam? Talvez a resposta seja mais simples do que você imagina, por isso, leia com muita atenção este artigo que escrevi exclusivamente para quem está com dificuldade de prosperar em tudo que faz e quer de uma vez por todas mudar de vida.

Antes de você ler o nosso artigo, conheça o curso que está ajudando muitos cristãos a conhecerem a inteligência emocional e espiritual e isso tem tudo a ver com o tema: Prosperidade! Para conhecer o curso CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS!

PORQUE MUITOS CRENTES NÃO PROSPERAM? 

INTRODUÇÃO

Infelizmente muitos crentes aprenderam errado a respeito da prosperidade e pensam que ela é algo do diabo, tanto que a maioria dos crentes quando ouvem alguém pregar ou ensinar sobre a prosperidade, logo surgem as críticas e os falatórios contra o assunto.

Parece que falar de prosperidade entre cristãos é ofender, é criar problemas, muitos assim pensam, que prosperar é ter uma vida de ostentação financeira, que afasta a fé em Deus, que o dinheiro é do diabo, e tantas interpretações sem base vão surgindo quando o assunto é prosperidade.

CRENÇAS ANTIGAS

O primeiro ponto importantíssimo a entendermos aqui, é que isso já vem pelas crenças limitantes que foram criadas pelos mais tradicionais, que sempre criticaram o termo prosperidade, ensinando que ser crente é ser simples, como se o ser simples tivesse a ver com a miséria.

Aos que estão em uma Igreja Evangélica à bastante tempo, infelizmente aprenderam que a prosperidade é algo do mal, que quem é próspero, está longe de Deus, se baseiam erroneamente naquele texto onde diz que é mais fácil um camelo passar pelo buraco da agulha do que um rico herdar o Reino dos Céus conforme Mt 19.24.

Mas o que será que Jesus quis dizer com isso? Estaria Jesus afirmando que ricos terão dificuldade de herdar o Reino dos Céus?

Jesus citou isso no contexto do jovem rico que não estava disposto a abrir mão das suas riquezas para repartir com outras pessoas, neste episódio Jesus usou uma expressão daquela época apontando uma impossibilidade, tanto que alguns historiadores afirmam que em Jerusalém havia uma porta com esse nome, buraco da agulha.

Ou seja, quando os demais portões estavam fechados, por essa porta chamada buraco da agulha, as pessoas tinham dificuldades de entrar na cidade com os seus camelos, não que era algo impossível, mas sim muito difícil! Nisso Jesus usou como exemplo dizendo, é mais fácil eles conseguirem isso do que um rico herdar o Reino dos Céus.

MAS EM QUE SENTIDO JESUS DISSO ISSO?

Bom, uma coisa não tem nada a ver com a outra, Jesus aqui estava ensinando os seus discípulos sobre o apego indevido a riqueza, no caso do jovem rico, ele não foi capaz de abrir mão para ajudar os outros, ou seja, ele estava mais apegado as riquezas do que as pessoas.

O problema não está na riqueza em si, mas no apego indevido a ela. Mas quando o ser humano aceita o convite à renúncia de si mesmo (ver Mt 16:24-26), aquilo que é “impossível aos homens” se torna possível ao poder transformador da graça divina (Mt 19:26).

Você está no Artigo: Porque muitos crentes não prosperam? 

Por isso, Jesus usou a expressão sobre os camelos e tal porta chamada buraco da agulha… que quem se apega de tal forma aos próprios bens materiais e não consegue ajudar pessoas, seria mais fácil os camelos passarem por aquela porta que era pequenina, do que tais apegados a riqueza herdarem o Reino dos Céus.

Agora, o que muitos cristãos não sabem é que o Reino dos Céus, tem a ver com o Reino que descerá sobre a Terra no Milênio, quando Cristo vir Reinar, e quem for digno de tal Reino, Reinará com Cristo, e quando falamos desse Reino, só será digno os que possuem obras e frutos.

Isso não tem nada a ver com salvação, porque a salvação é pela graça e não por obras (Ef 2.8,9) mas o Reino é tomado a força (Mt 11.12), ou seja, afirmar que ricos terão dificuldade para serem salvos é uma bobagem sem tamanho!

UMA PESSOA EM DIFICULDADE FINANCEIRA ESTÁ SUJEITA A SITUAÇÕES GRAVES Porque muitos crentes não prosperam? 

O que muitos não percebem, é que pessoas em dificuldades financeiras estão mais sujeitas a problemas com Deus do que pessoas prósperas, como por exemplo, comprar por necessidade, mas na hora de pagar não conseguir cumprir o compromisso e ter que arrumar desculpas para sair da situação.

Outros mentem, fogem de falar com os credores, porque não podem pagar a dívida, com isso, mais problemas vão se acumulando, problemas no casamento, com os filhos, com parentes e amigos e por ai vai se acumulando situações erradas, que com certeza dará espaço para a desonestidade e falta de testemunho cristão.

Uma pessoa que não consegue prosperar, estará sempre correndo o risco de deixar a inveja a consumir por ver outros prosperando, dando espaço para difamações, calúnias, críticas ofensivas e por esse real motivo, muitos crentes que não conseguem prosperar, criam a visão que a prosperidade é do diabo.

Eu aprendi desde criança que a crítica ofensiva é simplesmente a ferramente dos incopetentes, que por não conseguirem algumas coisas, querem se defender criticando aos que conseguem e isso é um grave erro que levará essas pessoas cada vez mais para um abismo de miséria.

O QUE É PROSPERIDADE?

Ao contrário do que muitos aprenderam, a prosperidade não está ligada somente a dinheiro ou vida financeira, a palavra prosperidade vem do latim prosperitate que significa estar satisfeito e feliz, quando se trata de uma prosperidade vinda de Deus, significa: Ausência de necessidades.

Ou seja, se Deus ama seus filhos, Ele teria prazer em deixar seus filhos sempre passando necessidades? É claro que não! Deus só permite alguém passar necessidade em caso de uma provação, um teste, para logo depois da aprovação, honrar tais filhos, ou seja, tais provações são passageiras.

Crente que vive em uma rotina de provações é caso para se analisar, já não se trata mais de provação Divina e sim resultado de princípios sendo quebrados, porque esta ausência de necessidades causada que Deus pode gerar na vida do homem, só pode acontecer na vida de crentes que cumprem princípios.

AGORA VEM A VERDADE… A MAIORIA DOS CRENTES VIVEM QUEBRANDO PRINCÍPIOS…

Você está lendo o artigo: Porque muitos crentes não prosperam? 

Você pode não concordar comigo, mas infelizmente os nossos dias são difíceis e vergonhosos, quem deveria ser exemplo, são os que mais quebram princípios, enrolam, mentem, não obedecem regras, não obedecem líderes, não cumprem horário, não cumprem responsabilidades, são tremendos enroladores e enrolados!

“E aqui te deixo um conselho, tome cuidado ao querer ajudar pessoas muito enroladas, você correrá o risco de se enrolar juntamente com elas, porque se elas estão assim, é porque coisas erradas estão ocultas”

E por esses e outros mais motivos que são diversos, muitos crentes estão vivendo uma vida de miséria, mas para se justificarem, vem com a desculpa que ser crente é isso, é viver uma vida sendo provada por Deus, quando na verdade tais provações não tem nada a ver com Deus e sim com as consequências causadas pela infidelidade.

Uma das coisas que mais trazem miséria para o ser humano é não viver princípios, é a infidelidade e além disso vou citar alguns ítens que impedem a prosperidade acontecer na vida de muitos cristãos:

NÃO FAZER ORÇAMENTOS

Jesus ensinou sobre isso em Lucas 14.28-30, confira:

“Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?

Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele,
dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar.”

Você está lendo: Porque muitos crentes não prosperam? 

Infelizmente, muitos crentes fazem tudo pela emoção e não pela razão, isso vem de costume principalmente em igrejas que mexem muito no emocional e não no intelecto, através de pregações com chavões de emoções, com músicas repletas de chavões emotivos.

ALGUNS CULTOS TREINAM APENAS A EMOÇÃO

Ao ser treinando de forma exagerada nas emoções, tudo que aparece pela frente causando emoção, vai comprando, as vezes não por necessidade, mas pela emoção do momento, não faz um orçamento antes, não faz cálculos dos compromissos já feitos anteriormente.

Essa é uma daz razões porque muitos crentes não conseguem prosperar, é porque vivem gastando o que não podem, porque quem manda é a emoção e não a razão, por isso não existem orçamentos antes de qualquer aquisição.

FALTA DE HONESTIDADE Porque muitos crentes não prosperam? 

Em Lucas 3.12-14 está escrito: E chegaram também uns publicanos, para serem batizados, e disseram-lhe: Mestre, que devemos fazer? E ele lhes disse: Não peçais mais do que o que vos está ordenado.

E uns soldados o interrogaram também, dizendo: E nós que faremos? Ele respondeu: A ninguém trateis mal nem defraudeis, e contentai-vos com o vosso saldo.

Em outras palavras, Jesus estava dizendo, sejam honestos, não cobrem mais do que é justo e nunca deixem de pagar suas contas, não defraudeis, ou seja, não cometa fraudes!

Toda vez que você cobrar alguém a mais do que é o justo ou deixar de pagar uma conta, você está cometendo uma fraude, isso é quebrar princípios, e isso vai te impedir de prosperar, a miséria estará cada vez mais presente no teu dia a dia e única coisa que pode reverter isso é a honestidade, cumprir seus compromissos.

Está conseguindo entender o porque muitos crentes não prosperam?

Quantas pessoas eu já vi fazendo um gato na energia, fazendo ligações ilegais para ter canais por assinatura pagando menos ou não pagando, burlando a lei, querendo comprar o guarda de trânsito, fazendo uma alteração no veículo para poder passar em uma inspeção, etc.

Tudo isso é fraude, é desonestidade e isso atrai miséria, depois não adianta ir no culto pedir oração se fazendo de vítima, dizendo que o momento é de provação, a verdade é que isso significa simplesmente a colheita da desonestidade.

AJUDAR POBRES E NECESSITADOS

Você está lendo sobre: Porque muitos crentes não prosperam? 

Em Mateus 5.42 Jesus disse: “Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.”

Se tem algo que Jesus sempre ensinou foi repartir tudo que temos com aqueles que precisam, é notável ver isso na Igreja Primitiva, como é notável também percebermos que na atualidade, muitos crentes cada vez mais tem dificuldade em ajudar os demais.

E por essa razão, a prosperidade tem ficado cada vez mais longe dos crentes, porque ao mesmo tempo que falam do amor, ao mesmo tempo estão fazendo vista grossa aos necessitados, quando ouvem o pastor pedir uma oferta para ajudar missões, a confusão estará feita.

Aqui se revela também o real motivo de muitos crentes criticarem aos que falam de oferta e prosperidade, é o amor incontrolável pelos próprios bens, pelo próprio dinheiro, que ao ouvir alguém dizer para repartir, isso se torna uma ofensa, se torna um problema.

E este segredo revelado nas Escrituras pode mudar a vida de qualquer cristão, entendendo que se deve ajudar os necessitados, estender a mão a quem precisa, quem já leu sobre o milagre da multiplicação dos pães e peixes, vai entender que é dividindo que fará Deus multiplicar aquilo que temos.

É DIVIDINDO QUE TUDO SE MULTIPLICA

Você está no artigo: Porque muitos crentes não prosperam? 

Depois que Jesus agradeceu ao Pai, deu aqueles pães e peixes nas mãos do discípulos e só depois de começarem a dividir o alimento é que ele se multiplicava, consegue entender esse princípio? Não é guardando apenas para si que se prospera, muito pelo contrário, assim você vai ficar cada vez mais pobre!

Comece a dividir o que você recebeu de Deus com aqueles que necessitam, você vai ver como Deus pode te prosperar cada vez mais, até mesmo os ímpios já descobriram isso, porque você acha que jogadores famosos dividem o que tem com crianças carentes? Porque você acha que muitos ricos doam milhões a obras carentes?

Eles descobriram os segredos da prosperidade revelada nas Escrituras, sendo eles ímpios, prosperam cada vez mais, e crentes que se dizem filhos de Deus, a maioria vivem uma vida de miséria, faltando com os compromissos, dando desculpas e fugindo das dívidas para não pagar, simplesmente porque não sabem o que são princípios.

CONCLUSÃO Porque muitos crentes não prosperam? 

Bom, eu espero que este artigo ajude muitas pessoas, principalmente os crentes a buscarem mais sobre esse assunto e entenderem que Deus é o dono do ouro e da prata (Ag 2.8), desejo que você entenda que toda provação constante, não muito a ver com Deus e sim com princípios sendo quebrados.

Prosperar não é pecado, a prosperidade não é do diabo, a prosperidade é resultado da benção de Deus na vida de quem vive princípios!

Deus te abençoe e te prospere!

Pr Vagner Lisboa

 

POST: Porque muitos crentes não prosperam?

TAGS: Porque muitos crentes não prosperam?, Os segredos da prosperidade, Crentes prósperos, Como prosperar, Prosperidade Bíblica

POST SEMELHANTE: https://pastorvagnerlisboa.com.br/coisas-ditas-pelos-crentes/

 

 

 

 

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

Pr Vagner Lisboa
Pr Vagner Lisboa

Pastor Vagner Lisboa, professor de Teologia Bíblica e conteúdos de pregação, é casado com Patricia Lisboa, pai de Isabela Lisboa e Lucas Lisboa, mora atualmente em Portugal e é fundador do Instituto de Inteligência Bíblica em Portugal

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *